Domingo, 09 de dezembro de 2018
  • Leitura
    A A
  • Imprimir
  • Indique nosso site

Embalar o Lixo

Talvez por descaso ou mesmo não conhecimento de normas básicas, inúmeros acidentes que ocorrem com os coletores de lixo domiciliar poderiam ser evitados, caso houvesse uma postura preventiva da população. Em todas as residências, por vezes, são gerados lixos como agulhas, lâmpadas quebradas, cacos de vidros de garrafas e copos, lascas ou pedaços de travessas, que são descartados no lixo domiciliar comum. Este tipo de lixo pode, por vezes, romper o saco plástico, causando acidentes como cortes e perfurações.

O drama psicológico e físico vivido pelos coletores vitíma de acidentes por agulhas descartáveis é enorme. A possibilidade de vir a contrair doenças infecto contagiosas secundárias a este tipo de acidente é um drama por que passam todos estes acidentados.

Pedaços e cacos de vidro, tem a probabilidade perfurar além dos sacos plásticos o próprio EPI (luva) causando até rupturas tendinosas.

Regras básicas para embalar o lixo Doméstico

a) No caso de cacos de vidro ou garrafas, caso não seja possível descartá­los para a coleta seletiva, tome o cuidado de embrulhá­los em jornal e colocá­los dentro de um caixa de papelão, antes de colocá­los junto ao lixo domiciliar comum. O mesmo procedimento deve ser seguido no caso de lâmpadas.

b) No caso das agulhas, procure reencapá­las corretamente e embrulhá­las também em jornal para que não haja a possibilidade de haver perfuração do saco plástico. Lembre­se que destas atitudes corretas depende o bem estar de outras pessoas.